Sem Categoria

O que é indústria 4.0 e seu impacto na fábrica

MRG Tecnologia
Escrito por MRG Tecnologia

Você sabe o que é indústria 4.0? Já não é mais novidade para ninguém que o mundo vem se transformando intensamente em todos sentidos. Quando chegamos nas indústrias e linhas de produção, podemos notar que uma verdadeira revolução industrial tem impactado esse mercado, trazendo melhorias significativas pautadas na inovação.

O fato é que tornou-se impossível negar que o avanço da tecnologia trouxe mais inteligência para a sociedade, imprimindo mudanças relevantes. Junto a isso, temos também a ascensão da internet, que revolucionou a maneira como as pessoas se comunicam e acessam qualquer tipo de informação.

Obviamente, o setor industrial não poderia ficar de fora desses avanços. Aliás, já podemos dizer que o impacto da indústria 4.0 é tão grande que esse é apenas o início de uma nova revolução industrial.

Se você quer entender melhor esses impactos, bem como o que é indústria 4.0 em si, continue lendo o post e veja como ela pode estar mais próxima do que você imagina!

O que é indústria 4.0?

Antes de definirmos o que é de fato a indústria 4.0, imagine só uma fábrica totalmente capaz de agendar automaticamente suas manutenções necessárias, bem como otimizar os seus processos e prever qualquer falha no meio do caminho, trabalhando quase que automaticamente.

Dessa maneira, ela mesma poderá criar decisões que consigam lidar com o processo produtivo. Seria ótimo, não? Pois bem, na prática isso é possível — é a indústria 4.0!

Para que você possa entender melhor esse conceito, ela propõe uma mudança no modo de controlar os processos de produção de uma fábrica, tornando-os mais descentralizados e mais inteligentes por meio de dispositivos tecnológicos que estão interconectados entre si.

Isso somente é possível por meio da inclusão de novas tendências tecnológicas no processo produtivo, tal como o Big Data, a Internet das Coisas, a Cloud Computing, entre outras. Afinal, somente com elas será possível otimizar a capacidade dos computadores que vão operar no processo, bem como utilizar os dados para criar a inteligência dele como um todo.

Falando um pouco de história, a indústria 4.0 nasceu na Alemanha, por volta de 2011, na Feira de Hannover, um dos mais importantes eventos da indústria, onde o próprio governo alemão se juntou a outras empresas de tecnologia para propor essa mudança.

No Brasil, ela ainda está engatinhando, por isso os negócios que começarem a pensar na sua viabilidade e implantação desde já sairão na frente de todos os seus concorrentes.

Quais são os impactos da indústria 4.0?

Agora que você já conhece melhor o conceito da indústria 4.0, saiba que ela pode causar impactos extremamente positivos para a indústria. Vamos detalhar melhor essa questão para que você possa entender.

Confira a lista com 5 impactos que a indústria 4.0 pode trazer para uma linha de produção:

1. Redução dos custos de produção

O primeiro e mais esperado impacto da indústria 4.0 está na redução dos seus custos de produção, visto que, com ela, será possível controlar toda a cadeia produtiva de forma automatizada e inteligente.

Isso ajudará na eficiência e na otimização de todos os processos que tenham esse fim, bem como na redução do trabalho operacional humano, o que faz com que os gastos comecem a cair de forma acelerada e automática.

É impossível encontrar alguém que não tenha como desafio essa questão, não é mesmo? Saiba que a indústria 4.0 é a grande resposta para o que você está procurando!

2. Aumento de produtividade

Saiba também que a produtividade significa extrair o máximo dos recursos que o negócio tem a oferecer, além de ser aliada à coleta de dados em tempo real, sendo possível realizar uma gestão com base no presente, e não no passado.

Com a indústria 4.0, a performance e a disponibilidade das máquinas tornam-se próximas do ideal, reduzindo consideravelmente o seu tempo de parada.

3. Potencialização do uso de recursos

Outro grande impacto da indústria 4.0 é a potencialização de recursos. Por meio da digitalização das informações em tempo real, tem-se uma base para a análise e a tomada de decisão mais precisa.

Isso ajuda a tornar possível a visualização de tudo o que acontece na fábrica em tempo real, sendo possível enxergar a sua realidade e tomar decisões no momento em que as coisas acontecem, realocando esforços e recursos.

4. Base de dados confiável

Contar com uma base de dados que seja confiável é essencial para fazer a avaliação da produção e conhecer tendências de problemas e ações que são necessárias tomar na fábrica, fazendo sempre a gestão com base no momento presente.

Com a indústria 4.0, o fluxo da informação vai para as várias camadas gerenciais, ou seja, elas não são manipuladas e nem estão acessíveis aos outros níveis hierárquicos

5. Economia de energia

Além da própria redução dos custos do processo produtivo, destacamos também que a indústria 4.0 tem condições de gerar uma economia de energia muito relevante para o negócio.

Explicando mais detalhadamente: a sua atuação está em 2 pontos-chave, que são a identificação de processos que acabam tendo gastos elevados de energia e a otimização de todas as etapas da produção — o que consequentemente ajudará a realizar tudo de forma igual, mas em bem menos tempo.

Ou seja, essas melhorias atuam diretamente na redução do consumo de energia da fábrica, sendo mais um grande motivo para implantar esse tipo de avanço no seu processo produtivo.

6. Aumento da segurança

Sabemos que, hoje, nenhuma fábrica está imune a ataques que podem comprometer a segurança do negócio, principalmente quando estamos falando de informações relacionadas à cadeia de produção.

Com a indústria 4.0 é possível utilizar um sistema de gestão completo para controlar essas informações, detendo todo o controle fabril de forma centralizada — ou seja, é possível saber tudo o que está acontecendo do início ao fim.

Sendo assim, esse tipo de tecnologia também é uma excelente peça-chave para monitorar qualquer ataque ou vazamento de informação que possa ocorrer.

7. Redução de falhas e desperdícios

Sabemos também que as falhas no processo (bem como os seus desperdícios) podem assombrar a vida de qualquer gestor fabril por um bom tempo, sendo que muitas vezes a descoberta desses fatos (bem como de sua solução) pode ser muito demorada.

Saiba que com a indústria 4.0 será possível identificar as falhas com mais rapidez e precisão, bem como armazenar as informações detalhadas sobre elas. Sendo assim, será possível também criar análises para aplicar melhorias no dia a dia, sem precisar “apagar incêndios”.

Além disso, cria-se a possibilidade de estabelecer e consolidar processos que utilizam todos os insumos de forma eficiente, evitando os desperdícios durante a rotina de produção.

Agora que você já sabe o que é indústria 4.0, esperamos que tenha percebido que vale a pena investir nesse tipo de inovação, pois ela gera muitos benefícios que resolvem desafios antigos da indústria e do processo produtivo.

Gostou deste artigo? Então assine a nossa newsletter e fique por dentro de outros conteúdos como este!

Sobre o autor

MRG Tecnologia

MRG Tecnologia

Deixar comentário.

Share This